Oiã, 20-Fev-2010 -- Reportagem

Depois da excelente prova de Fátima, mais uma jornada do Troféu UMKarting, deste feita no Kartódromo de Oiã com o circuito invertido.
O tempo estava chuvoso e prova disso foram as 2 primeiras mangas.
Para o final da manhã a pista foi secando, permitindo deste modo corridas mais equilibradas.

Desde logo temos de realçar 2 factos.
Assinalar o regresso às pistas do Miguel Brito, o que indicia aos menos atentos que o 1º semestre já é passado.
Dar as boas vindas ao consagrado Mário Dias, que pela 1ª vez correu connosco.

Nas provas da Divisão B, assistimos a duelos interessantes, e com 3 vencedores diferentes.
Na 1ª manga a vitória foi alcançada pelo Fernando Gonçalves, manga em que assistimos a uma prova do Mário Dias efectuada de trás para a frente.
Na 2ª manga a vitória coube aao António Garcia
Na 3ª manga assistimos à 1ª vitória do Mário Dias, que passeou a sua experiência, e se superiorizou a um excelente Jorge Ribeiro que de prova para prova vem demonstrando uma evolução digna de realce.

As corridas da Divisão A, tiveram um grande protagonista, Reinaldo Fonseca. Venceu as duas mangas, com especial mérito na primeira e sem oposição na segunda.
Como alguém disse, cuidem-se os velhos campeões pois este "rapaz" está a crescer, tendo vencido 3 das 4 provas de Oiã na presente época.
Sendo este o palco escolhido para as próximas 6 corridas, e se conseguir manter o ritmo, o Reinaldo arrisca-se a ser o REI do campeonato 2009-2010.

Na 1ª manga, com o Reinaldo na Pole-position e o Luís Cunha a seu lado, logo após ser dada a partida pudemos assistir durante toda a 1ª volta a um duelo pela 1ª posição entre o Reinaldo e o Luís Cunha. Depois assistimos a mais do mesmo. Até à última volta, foi rolar sempre em fila indiana devido ao REI–ROLHA que, sendo o 13º piloto mais rápido em pista, conseguiu aguentar todo o pelotão atrás de si, em parte devido ao próprio traçado da pista que dificulta sobremaneira qualquer ultrapassagem.
No pódio ficaram o João Moreira e o Luís Cunha.

Para a 2ª manga as expectativas eram diferentes para todos os pilotos, e logo na qualificação surge o Vítor Fernandes na Pole-position, estando o Reinaldo a seu lado.
Partida dada e o Reinaldo consegue passar o Vítor antes dos SS partindo depois para uma corrida solitária, efectuando a volta mais rápida do dia, cavando volta a volta um fosso cada vez maior para os seus perseguidores, e contando ainda com o azarento do dia – João Moreira – que viu o seu kart ficar com a corrente partida.
No final assistimos ao Pedro Vidinha e ao Vítor Fernandes nos 2º e 3º lugares respectivamente.


Reportagem  de Reinaldo Fonseca